DESTAQUES DE FLORENÇA

Discover the best attractions in Florence from Grand Hotel Minerva

São estas as atrações TOP 10 que você não deve perder em Florença

Santa Maria Novella

Próximo de nosso hotel. Aberto ao público das 9:00 às 17:30.

Uma das igrejas mais famosas de Florença, uma obra de arte da arquitetura gótica. A grandiosa fachada em mármore foi desenhada por Leon Battista Alberti, sob o mecenato de Giovanni Rucellai, cujo nome se encontra escrito em grandes letras no frontão da basílica. A fachada pode ser vista a partir do terraço no último piso de nosso hotel e de muitos de nossos quartos! Entre as maiores obras de arte no interior encontra-se o crucifixo printado por Giotto e trabalhos de Masaccio e Brunelleschi. Certifique-se de fazer um agradável passeio pelos claustros da igreja e de admirar os frescos de Paolo Uccello e outros frescos do século XIV. Se acontecer que visite Florença durante o equinócio ou o solstício de inverno, repare no chão da basílica, onde estão gravadas as linhas dos meridianos evocativas da visão da passagem do sol através de antigas ferramentas astronômicas que o cosmógrafo Egnazio Danti ali colocou em meados do século XVI.

Santa Maria del Fiore

O Duomo (a 5 minutos a pé do hotel. Aberto todos os dias das 10:00 às 17:00.))

O maior monumento religioso de Florença, localizado na Piazza San Giovanni, no centro da cidade. O Duomo que podemos visitar hoje é fruto de 170 anos de trabalho. A primeira pedra da fachada foi colocada em 8 de setembro de 1296, com projeto de Arnolfo di Cambio. Muitas alterações foram mais tarde introduzidas no projeto de Cambio, sendo as mais evidentes os lados externos norte e sul. Aqui as primeiras quatro janelas são mais baixas, estreitas e juntas do que as que se encontram a este, devido a uma visão de ampliação de Francesco Talenti, o responsável pelos trabalhos a partir de meados do século XIV. As capelas radiantes a leste foram completadas no início do século XV e o grande dome, desenhado por Filippo Brunelleschi, foi construído em apenas 16 anos, de 1418 a 1434. A torre lanterna, projetada por Brunelleschi, só foi completada depois da sua morte (1446) e a bola em cobre dourado com a cruz, contendo as relíquias sagradas, de Andrea del Verrocchio, foi aí colocada em 1446 (a atual é apenas uma cópia porque a original caiu no século XVI quando foi atingida por um relâmpago!). Pode ver a vista a partir do terraço, depois de subir 463 degraus. A vista de cortar a respiração a partir do interior do dome ecorado com frescos, especialmente no topo, abarca toda a Florença. A qui pode ter a oportunidade de tirar das fotografias mais fantásticas de sua vida! A torre sineira de Giotto pode ser admirada a partir da mesma praça. A torre sineira tem 84,7 m de altura e 15 m de largura, constituindo um bonito testamento da arquitetura gótica de Florença do século XIV e permanecendo fiel ao princípio de solidez mesmo quando se eleva. Subindo 414 degraus, atinge um terraço com uma vista fantástica. Outra das joias da praça é o Batistério, uma das igrejas mais antigas da Florença, com uma forma octogonal, é famosa pelos seus magníficos mosaicos interiores e ainda mais pelas suas portas em bronze, encontrando-se as originais no Museu Opera del Duomo.

Museu Opera del Duomo

A 5 minutos a pé do hotel. Aberto todos os dias das 9:00 às 17:00, com a possibilidade de adquirir um bilhete tudo incluído para visitar o museu, batistério, o Duomo e a torre do sino de Giotto.

Em 29 de outubro de 2015, depois de mais de dois anos de obras de recuperação, o Museu Opera del Duomo reabriu as suas portas. Ocupando três andares e com um terraço com uma vista de tirar o fôlego, o museu abriga 750 obras, incluindo estátuas e relevos em mármore, bronze e prata. Com obras-primas de Miguel Ângelo, Donatello, Arnolfo di Cambio, Lorenzo Ghiberti, Andrea Pisano, Antonio del Pollaiolo, Luca della Robbia e Andrea del Verrocchio (só para nomear alguns).
Na primeira entrada, gravados em mármore branco, temos os nomes daqueles que fizeram de Florença uma cidade como nenhuma outra, guiando os visitantes na descoberta de suas obras-primas.
A sala onde estão expostas as magníficas e enormes portas do batistério é bastante impressionante, mas não é a única. Igualmente fascinante é a sala onde estão expostos as estátuas originais de Giotto para a torre sineira e os incríveis trabalhos de Donatello. Continuando a visita pelo museu, chegamos à Pietà de Miguel Ângelo – um trabalho de tal beleza e majestade que ninguém pode deixar de se emocionar.

Santa Croce

A 20 minutos a pé do hotel. Aberto todos os dias das 9:30 às 17:00.

Os quarteirões mais dinâmicos e o maior centro cultural de Florença. A igreja de Santa Croce é conhecida por abrigar os túmulos de muitos homens ilustres, incluindo Vittorio Alfieri, Galileu e Ugo Foscolo e pela sua capela mais famosa, a capela da família Pazzi, concebida por Brunelleschi. Nos bonitos claustros da igreja, pode admirar trabalhos de Cimabue, Gaddi e Donatello. Embora a igreja em si tenha sido construída em finais do século XIII, a sua fachada em mármore e a torre sineira foram construídas em finais do século XIX. Descanse num dos bancos em frente à igreja e admire tanto a fachada como a imponente estátua de Dante Aligheri. Ao lado da igreja, visite a mundialmente renomeada escola de peles. Um fato interessante: embora a igreja tenha sido consagrada em 1443, foi só em 1857 que o Papa Pio IX colocou a primeira pedra para erguer a fachada que só ficou completa em 1865.

San Miniato & Piazzale Michelangelo

A 40 minutos a pé do hotel. Visitas das 8:00 às 19:30.

Um agradável passeio pelo Viale dei Colli que percorre 6 quilômetros até à colina sul de Florença, oferecendo paisagens deslumbrantes. O passeio culmina no seu ponto mais bonito, Piazzale Michelangelo, a partir do qual pode admirar toda a Florencia. Erguendo-se por trás da praça está a Igreja de San Miniato al Monte, cujo seu interior evocativo espanta os visitantes com a visão de seu grande mosaico. Uma vez na praça, pode disfrutar de uma das vistas mais bonitas do mundo, que permite com um só olhar observar O Duomo, o Uffizi e o Palazzo della Signoria, atrás da qual se situa a colina do norte com o Fiesole e a sua torre sineira. A construção da igreja começou em 1013. Originalmente um mosteiro beneditino, a partir de 1373 tornou-se a casa dos monges de Olivetan que fabricam mel, chás de ervas e licores que pode comprar na loja adjacente à igreja

Piazza Signoria e Palazzo Vecchio

A 10 minutos a pé do hotel.

O grande centro político de Florença com o Palazzo Vecchio erguendo-se aí majestosamente, sendo o principal monumento de arquitetura civil entre os edifícios públicos mais importantes do século XIV. O sublie David de Miguel Ângelo (uma cópia, encontrando-se o original na Galeria da Academia desde 1873), torna o conjunto da praça ainda mais grandioso. Dentro do Palazzo Vecchio está o Salone dei Cinquecento, onde se encontra o fresco Batalha de Marciano (referido por Dan Brown num dos seus últimos livros com ação em Florença). Outras obras-primas imperdíveis: a Judite de Donatello's, o Génio da Vitória de Miguel Ângelo e o Querubim de Verrocchio. A fachada do Palazzo Vecchio tem um dos símbolos de Florença, a Torre de Arnolfo, com 94 metros de altura, oferecendo uma vista fantástica sobre o Arno e toda a Florença. Um fato pouco conhecido: mesmo por detrás de porta de entrada do Palazzo Vecchio, por trás da estátua de Hércules de Bandinelli, existe uma pedra com o rosto de um homem gravado. De acordo com a lenda, este "retrato escondido" é obra de Miguel Ângelo. Dizem que cada vez que ele caminhava pela Via della Ninna, a rua que vai do Palazzo Vecchio até ao Uffizi, era constantemente abordado pela mesma pessoa que o incomodava sempre com a mesma história sobre seus problemas financeiros e o dinheiro que Miguel Ângelo lhe devia e nunca lhe pagava. Numa dada ocasião, Miguel Ângelo, aborrecido e com as ferramentas de seu trabalho à mão, enquanto o cansativo homem falava, ele gravou seu perfil em suas costas, imortalizando-o para sempre nas pedras do Palazzo Vecchio. Outra obra-prima da praça é a famosa fonte de Neptuno — conhecida entre os florentinos como a Biancone (a grande branca) —, esculpida por Ammannati entre 1560 e 1565. Foi inaugurada para o casamento de Francesco I de Medici e a Grande Duquesa Joana de Áustria em 10 de dezembro de 1565. A base da fonte foi concluída em 1575 e usada para lavagens durante anos. Uma placa na parede do Palazzo Vecchio, datada de 1720, proíbe que a mesma "seja suja de qualquer modo, lavando tinteiros, roupa ou qualquer outra coisa nela, ou que se atire pedaços de madeira ou outro lixo nela."

Galeria Uffizi

A 10 minutos a pé do hotel. Fechado às segundas-feiras. Aberto nos outros dias da semana das 8:15 às 18:30. Aconselha-se fortemente a realizar reserva. O nosso serviço de concierge pode fazer isso por você.

Um dos museus de Itália mais famosos e importantes, conhecido mundialmente, com um enorme número de visitantes, alberga uma soberba coleção de obras de arte de grande valor, especialmente da arte do Renascimento, incluindo obras-primas de Cimabue, Giotto, Caravaggio, Botticelli e Miguel Ângelo. A Galeria encontra-se no piso superior de um amplo edifício construído entre 1560 e 1580, concebido por Giorgio Vasari. O Corredor Vasari merece absolutamente ser visitado. Erguido em 1565, por Vasari, o corredor suspenso liga o Uffizi com o Palazzo Vecchio e o Palazzo Pitti e alberga uma importante coleção de pintura do século XVII e uma coleção de autorretratos. Depois da visita, descanse no café do museu e desfrute da espetacular vista a partir do seu terraço cênico. Fato interessante: o corredor foi construído em apenas cinco meses, a pedido de Cosimo De Medici em 1565, sob conceção do arquiteto Giorgio Vasari, para o casamento do filho de Cosomi, Francesco, com Joana de Áustria. Muitas histórias foram contadas sobre este local, que liga dois edifícios-chave de Florença, o Palazzo Vecchio, sede do governo, e o Palazzo Pitti, residência dos Medici. Não há qualquer dúvida de que o Corredor Vasari, com mais de um quilômetro, foi um excelente meio de fuga para a família, e tendo sido contruído para um casamento, foi um astuto aviso político para impressionar os convidados em relação ao poder e aos recursos financeiros da família. Visitas sob reserva; o serviço de concierge de nosso hotel pode ajudá-lo.

Galeria Academia

A 12 minutos a pé do hotel. Fechado às segundas-feiras. Aberto nos outros dias da semana das 8:15 às 18:30. Aconselha-se fortemente a realizar reserva. O nosso serviço de concierge pode fazer isso por você.

Depois do Uffizi, este é o segundo mais importante museu de Itália em número de visitantes e alberga as mais famosas esculturas de Miguel Ângelo (sete delas), incluindo o ultrafamoso David, colocado numa plataforma especialmente construída para ele quando foi transportado da Piazza della Signoria, onde foi originalmente colocado em 1504. Ali permaneceu até 1873, quando se decidiu colocá-lo dentro da Academia de Belas Artes para evitar que os elementos o danificassem mais. David foi esculpido em mármore de Carrara, escavado nos Alpes Apeninos e transportado pelo mundo a partir do século XVI a partir de de um pequeno porto que o próprio Miguel Ângelo fundou. Trata-se de Forte dei Marmi, hoje em dia uma das cidades resort junto ao mar mais exclusivas da Europa, onde a nossa empresa possui um exclusivo hotel boutique. Para mais informações sobre Forte dei Marmi e nosso Hotel Villa Roma Imperiale.

Capelas Medici

A 5 minutos a pé do hotel. Aberta das 8:15 às 13:50.

A famosa sacristia da Capela dos Medici foi obra de Miguel Ângelo. Erguida em parte da Basílica de San Lorenzo, foi a partir do século XV paróquia e local de sepultura dos membros da família. O museu é muito famoso por albergar os túmulos de Giuliano e Lorenzo de Medici, uma obra-prima da arquitetura e escultura do Renascimento, que Miguel Ângelo esculpiu para a "Nova Sacristia".

Palazzo Pitti

A 12 minutos a pé do hotel. Aberto das 8:15 às 19:30. Fechado na primeira e última segunda-feira.

O Palazzo Pitti é o maior palácio de Florença, construído em 1485 com design de Brunelleschi. Foi, historicamente, a residência dos Grandes Duques da Toscânia e depois dos reis da Itália, albergando agora várias coleções de pinturas e esculturas, objetos de arte, porcelanas e uma galeria de trajes, sendo, simultaneamente, uma casa histórica bem preservada que se estende até aos Jardins Boboli. Na encosta da colina de Belvedere, Boboli é um dos exemplos mais eminentes de jardins ao estilo italiano, com fontes, paisagens, grutas e estátuas da maior importância artística. Sua extensa zona verde, dividida em seções ordenadas, é um verdadeiro museu ao ar livre. Passeando ao longo dos seus agradáveis caminhos, poderá saborear a vida cortesã de tempos passados enquanto desfruta de um jardim que se mantém atual ao mesmo tempo que respeita a tradição. Fato interessante: a família Pitti, durante muito tempo inimigos irreconciliáveis dos Medici, de forma a evitar as taxas impostas pelos Medici nas pedras utlizadas na construção de palácios, utilizou pedras muito maiores do que o habitual na fachada do palácio.

Melhor Preço GARANTIDO
25 Mai Entrada
26 Mai Saída
promoçãocódigo
Minhas Reservas
Reserve Já
T.+39 055 27230 F. +39 055 268281

Faça sua reserva em nosso website e garantimos a você:

  • Minibar grátis
  • O preço mais baixo
  • A melhor política de cancelamento

Encontrou seu quarto num website diferente a um preço mais baixo?
Contate-nos através do +3905527230 ou por email em booking@grandhotelminerva.com.
Igualamos o preço, termos e condições e incluímos a utilização gratuita do minibar.

Reserve já